O que fazer em Manaus? 4 atividades para curtir a capital do Amazonas

Posted on

O Brasil abriga em seu território inúmeras paisagens deslumbrantes. Sejam as encantadoras praias de Jericoacoara, as serras de clima montanhoso em Minas Gerais ou as espetaculares grutas de Bonito, opções não faltam para pessoas dispostas a viver experiências memoráveis.

Dentre os destinos que têm chamado a atenção de viajantes do mundo inteiro nos últimos tempos, Manaus é um dos que mais se destaca. Mas quais são as melhores formas de curtir tudo que a cidade tem a oferecer?

Para ajudar a encontrar a resposta, listamos 4 atividades que você não pode deixar de fazer quando visitar a capital do Amazonas. Confira!

1. Entrar em contato com as riquezas da floresta

Os barulhos, a fauna, a flora e os inúmeros segredos que a Floresta Amazônica guarda ainda são desconhecidos da maior parte dos brasileiros, mas têm ganhado cada vez mais popularidade nos últimos anos.

Manaus é a porta de entrada para esse universo. Rios, feiras, esportes radicais, vitórias-régias gigantes, animais de várias espécies e muitas outras atrações fazem parte dos roteiros pela floresta, que também podem incluir atividades como natação com botos-cor-de-rosa e visitas a aldeias indígenas.

Os passeios têm preços e durações variados. A dica é pesquisar as opções disponibilizadas pelas companhias que oferecem atividades na floresta e escolher aquelas que mais se encaixam em suas preferências e no seu orçamento.

E lembre-se de preservar as matas, as águas e os animais nativos. Assim, as futuras gerações também poderão desfrutar de toda a grandiosidade desse valioso patrimônio natural.

2. Visitar o Teatro Amazonas e o Mercado Municipal

Conhecer a cultura de um local por meio de sua arquitetura e de suas expressões artísticas é sempre uma grande chance de ficar por dentro das tradições regionais.

Em Manaus, o Teatro Amazonas é um dos melhores lugares para desenvolver esse tipo de percepção. Inaugurado em 1896, sua decoração e pintura fazem dele um grande cartão-postal. Além disso, é parada obrigatória para os amantes da arte que passam pela cidade.

Já o Mercado Municipal Adolpho Lisboa, cuja construção foi inspirada em um mercado de Paris, é o paraíso para aqueles que desejam conhecer o rico artesanato amazonense, além de contar com lojas de frutas, artigos da floresta e muitos outros tipos de produtos.

Não deixe de conhecer!

3. Aliviar o calor nas belas praias manauaras

Manaus é uma cidade quente e úmida e, para diminuir os efeitos das altas temperaturas, uma ótima opção é dar um mergulho na praia.

Sim, Manaus tem praia. Ou melhor, várias praias de água doce. A mais popular é a Praia de Ponta Negra, ponto de encontro de pessoas de todas as partes da cidade. Por lá, os banhos são permitidos das 8h às 17h.

Outras praias agradáveis para apreciar o pôr do sol, refrescar o corpo ou comer um tira-gosto são a Praia da Lua, o Balneário da Prainha, a Praia do Escondidinho e a Praia do Tupé.

4. Experimentar a deliciosa culinária amazonense

A Floresta Amazônica tem grande influência na culinária do estado do Amazonas. De lá, como não poderia deixar de ser, vêm diversos ingredientes que dão um toque único às receitas da região. Alguns dos principais pratos locais são o Tacacá, a Costela de Tambaqui e a Moqueca de Pirarucu.

Quando o assunto é sobremesa, as frutas típicas da Amazônia são um encanto à parte, dando origem a doces e sucos de dar água na boca. Destaque para o açaí, o cupuaçu, o taperebá, o buriti e o tucumã. Se puder, experimente todas!

A mesma influência da floresta também pode ser notada em outros estados da região norte, como, por exemplo, na famosa gastronomia paraense.

E você, já viveu alguma das experiências acima? Tem alguma outra dica para compartilhar com a nossa comunidade de viajantes? Deixe seu comentário e contribua para divulgar as maravilhas de Manaus e de todo o estado do Amazonas!

Marco Dantas
Graduado em Administração de Empresas na UNA-BH em 2012, e atualmente fazendo a segunda graduação em Ciências Econômicas na UFMG. Possui experiência em empresas de portes e ramos variados, tendo atuado nos setores comercial, administrativo e financeiro. Nos últimos três anos está atuando como redator e revisor criativo no Experiências Brasil.